Publisher: Tia Surica é atração na Feijoada dos Imperadores ~ Imperadores do Samba

11/27/2019

Arquivado como: ,

Tia Surica é atração na Feijoada dos Imperadores

Compartilhar


Nos últimos anos tem sido tradição no meio carnavalesco prestigiar a feijoada do Dia Nacional do Samba realizada pelos Imperadores para celebrar o ritmo mais famoso do país. Neste ano, o evento acontece no dia 08, domingo, e terá presença confirmada de Tia Surica, grande pastora da Portela.
Tia Surica é a grande atração da feijoada do Mar. Foto: Bruno Veiga

No repertório de Surica, clássicos como “Na linha do mar” (Paulinho da Viola), “Lama” (Mauro Duarte), “Conto de areia” (Romildo/Toninho Nascimento), “O mar serenou” (Candeia), além de antológicos sambas de enredo da azul e branca de Oswaldo Cruz, entre esses “Macunaíma, herói de nossa gente”, de 1975.
Aos 79 anos, a pastora portelense é convidada da Fundação Iberê Camargo para a festa que antecede ao desfile da Imperadores, no dia 7 de março de 2020, que terá como enredo “Iberê, das águas da arte, o homem que se fez rio", em homenagem a um dos mais importantes artistas plásticos brasileiros do século XX, morto em 1994.
Uma das primeiras mulheres a puxar samba na avenida, Iranette Ferreira Barcellos, a Tia Surica, é a história viva do Carnaval carioca e da Portela, escola que abraçou aos quatro anos de idade, ainda no colo da mãe. Em 1966, ficou conhecida pelo pioneirismo ao desfilar interpretando o singular “Memórias de um Sargento de Milícias”, de Paulinho da Viola. Até hoje, mulheres são exceção no posto. Surica, portanto, fez história duplamente, pois que a Portela se consagrara campeã daquele Carnaval.
A veterana sambista já riscou a avenida como baiana e passou por vários segmentos da agremiação. Desde os anos 1980, ela se apresenta com a Velha Guarda Show, grupo criado em 1970 que viaja o Brasil e o mundo divulgando o mais emblemático gênero musical do país. Em 2004, lançou o CD "Surica", o seu primeiro disco solo, e, em 2013, pôs no mercado o álbum e o DVD “Tia Surica, poderio de Oswaldo Cruz”, no qual contou com as participações da Velha Guarda da Portela, de Diogo Nogueira e de Mariene de Castro. O trabalho traz apenas sambas de compositores portelenses como Monarco, Aniceto da Portela, Argemiro, Alcides Malandro Histórico, Chico Santana, Manacéa, Marquinhos Diniz e Toninho Geraes.

A tradicional Feijoada do Mar

A partir do meio-dia, o público já pode degustar da saborosa feijoada e seus acompanhamentos. O almoço será servido até às 15h. É importante levar talheres. Além de Tia Surica, as atrações ficarão por conta do cantor Gusttavo Martins, do grupo Samba Lelê e do elenco completo da vermelho e branco: baterias, passistas e demais destaques da escola.

Evento foi sucesso em 2018. Foto: Humberto Macedo / Comunicação e Marketing Imperadores
Para o almoço, o convite individual custa R$ 30,00. Há também mesas para 4 pessoas no valor de R$ 100,00. Contato pode ser feito com a secretária da escola, Ana, através do telefone/whats 51 99255-4831. A escola aceita cartões de crédito e débito (Visa, Master, Elo e Banrisul). Após às 15h, o valor do ingresso é R$ 10,00.

0 comentários:

Postar um comentário